sexta-feira, 5 de abril de 2013

Banho no inverno


Versículo do dia:
 “Invoca-me, e te responderei; anunciar-te-ei cousas grandes e ocultas, que não sabes.” Jeremias 33.3
Dicas para um banho gostoso no inverno.
Se você é daqueles pais que morrem de pena de banhar o bebê quando está frio e acham que não tem nenhum problema enforcar o banho de vez em quando, esqueça! Essa teoria é furada. O banho dos pequeninos precisa ser diário, faça chuva ou faça sol! Inclusive, a cabeça precisa ser lavada todos os dias.
Para não judiar do bebê, durante o inverno, dê o banho nos horários mais quentes do dia, perto da hora do almoço. O ideal é banhar antes de alimentá-lo, caso contrário, o banho deve ser breve.
Mesmo no frio, a temperatura da água não pode estar muito quente, pois resseca a pele do bebê. Se o dia estiver gelado, uma boa dica para manter o bebê aquecido é colocar uma toalhinha molhada com água morna na barriga durante o banho.
Os pais podem saber facilmente se a criança está com frio: as mãos e pés ficam roxos e a face pálida. Nesse caso, acelere o banho, enxugue bem e vista a criança o mais rápido possível, começando pela parte de cima para que o tórax fique aquecido.
Paula R. F. Dabus

Sabonetes antibacterianos podem ser prejudiciais às crianças
A higiene é essencial para evitar infecções e doenças, mas preocupação demais com limpeza pode acarretar em problemas maiores e até alergias nas crianças e em adultos. Esse é o caso dos sabonetes antibacterianos (ou antissépticos) que estão sendo usados no cotidiano das famílias.
Segundo infectologistas e dermatologistas, o uso excessivo dos sabonetes antibacterianos pode matar as bactérias nocivas, mas também eliminam as bactérias neutras que ajudam no equilíbrio da colonização de bactérias do organismo.
Algumas das bactérias neutras agem na síntese de vitaminas, no funcionamento do intestino e protegem a pele, impedindo que bactérias nocivas entrem facilmente no caso de lesões, evitando infecções.
Portanto, quanto mais se usa o sabonete que mata bactérias menos defesa o organismo terá. O sabonete antisséptico, em excesso, também destrói o manto de proteção natural da pele, o manto lipídico, secreção da própria pele que age como um antibactericida.
Retirada a proteção natural da pele, o organismo das crianças está mais susceptível a alergias e infecções. Quanto mais substâncias colocamos em contato com as crianças, maior o risco de alergia.
Os sabonetes antibacterianos são recomendados para pessoas que trabalham em locais em que haja risco de contaminação como hospitais ou para pacientes que sofrem de infecções de pele.
Para as crianças, o recomendado são os sabonetes infantis que são hipoalergênicos ou mesmo os sabonetes comuns que são suficientes para a higiene sem destruir as bactérias que ajudam a combater alergias e infecções.
Mamães devem, sim, estar preocupadas com a higiene e limpeza de seus filhos, mas precisam lembrar que higiene e limpeza em excesso é prejudicial para os pequenos.

Bruno Rodrigues


3 comentários:

  1. Olá Francisca .. amei seu blog e estamos seguindo. Nos visite e siga se gostar .. bjs

    Roberta e Luma
    http://princesaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ola ,ja imaginou uma musica personalizada com o nome do seu filho na festa de aniversario ?

    acesse nosso site:

    www.studiopersonalmusic.com

    selecione a categoria Aniversario , sao mais de 200 amostras em varios temas !!!

    é so vc escolher a musica que mais combina com seu filho e ter essa super novidade na festa.

    contato:

    Lane e Manoel

    www.studiopersonalmusic.com

    ResponderExcluir

Follow Us

Copyright © Meu BB Propaganda |
Design by Franci Lourenço | Tecnologia do Blogger
    Facebook Google + YouTube